Apresentação

Num processo participado com a comunidade, neste primeiro "Assalto criativo - Lançarte" reunir-se-ão diversas expressões artísticas e etnográficas (videoarte, etnografia, dança, gastronomia, fotografia, desenho etc.), e ao mesmo tempo irão ocorrer algumas acções de formação com apoio de antigos operários de ofícios associados à produção de lã (ensino, aprendizagem, experiência).

O programa deste primeiro "assalto" irá incluir um painel de conferências que irá reunir uma diversidade de oradores que permitam conhecer melhor aquela realidade territorial. Haverá também uma instalação artística, que pretende expor todo um património laneiro, e ainda um programa de visitas guiadas a alguns dos antigos complexos industriais que persistem na construção e caracterização desta paisagem.

Este programa é destinado ao público em geral em em particular à comunidade mais directa da Região de Castelo Branco e das aldeias de Cebolais de Cima e Retaxo, aos estudantes dos diversos graus de ensino e instituições, em particular aos estudantes de arquitectura.

Numa altura em que o interior se continua a desumanizar e despovoar, O "Assalto Criativo - Lançarte" é uma forma de promover a valorização do Interior, dos seus patrimónios, criando oportunidades de inovação e emprego nos territórios de baixa densidade.

A acção designada por "Assalto Criativo - Lançarte", insere-se na estratégia metodológica de uma investigação proposta pelo grupo de investigação LLAB 21 do CITAD - ULL ( Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design da Universidade Lusíada de Lisboa) PI "Requalificação da paisagem, uma questão de escala e skylines".

Esta metodologia por casos de estudos seleccionados que ao particularizarem o enfoque num caso, permitem proceder a uma identificação e avaliação mais esclarecedora e assertiva acerca das principais questões que se colocam no problema na procura de estratégias para uma actuação de requalificação regenerativa.

Esta acção em concreto tem como objectivo principal o reconhecimento e identificação da existência de valores operativos com base no reconhecimento expositivo de uma identidade de paisagem (incluindo todos os elementos que a constroem e caracterizam nas diversas dimensões e escalas de abordagem), para uma requalificação regenerativa do território, indicadores que poderão estar na base de uma requalificação sustentável tanto do território como da sua Paisagem.

Pretende-se apelar com esta organização, para a importância de registos etnográficos e das memórias colectivas, assim como da exposição de materiais relacionados com o trabalho operário, industrial e artesanal, tecendo estratégias de interacção entre as abordagens tradicionais e as contemporâneas desta industria da tecelagem, numa apropriação por artistas plásticos, arquitectos e designers.

Paralelamente promover uma abordagem de carácter científico, que permitirá partir para uma reflexão mais concreta sobre o contributo do património industrial construído, para o desenvolvimento e caracterização dos lugares, (neste caso a - industria têxtil como motor de desenvolvimento económico e urbano) nestas duas aldeias, ainda de xisto, embora nos limites definidos como área protecção.

Todo o programa nas suas diversas acções será desenvolvido em torno da actividade económica que outrora se constituiu como motor de desenvolvimento deste território, a industria dos lanifícios.

O legado industrial construído para albergar esta industria, agora obsoleto, servirá, pela identidade que representa, como espaço para acolher temporariamente este programa de acção.  


Apoios
Notícia

Organização
  • Prof.ª Doutora Arqt.ª Maria de Fátima Silva Freire e Veiga
    Investigadora do Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design
    Universidades Lusíada
  • Prof. Doutor Arqt. Miguel Ângelo Soares Pinto da Silva
    Investigador do Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design
    Universidades Lusíada
  • Mestre Álvaro Jaime Gomes Cidrais
    Investigador do Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design
    Universidades Lusíada
  • Mestre Arqt.ª Ana Marta Ribeiro Roque
    Bolseira do Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design
    Universidades Lusíada
  • Mestre Arqt.ª Paisagista Isabel Nunes de Matos
    Investigadora do Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design
    Universidades Lusíada
  • Mestre Arqt.ª Carolina José de Gouveia Correia
    Estagiária do projecto de investigação "Pensar Sintra através da Luz"
    Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design
    Universidades Lusíada
  • Mestre Arqt.ª Sandra Isabel Santos Almeida
    Estagiária do projecto de investigação "Pensar Sintra através da Luz"
    Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design
    Universidades Lusíada
Colaboração
  • Prof. Doutor Arqt. Samuel Roda Fernandes
    Projecto de investigação "Pensar Sintra através da luz"
    Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design
    Universidades Lusíada
  • Mestre Patrícia Sofia de Oliveira Crespo David Freire
    Projecto de investigação "Pensar Sintra através da luz"
    Centro de Investigação em Território, Arquitectura e Design
    Universidades Lusíada
  • Lic. Diogo Aléxis Pereira Dias
    Mestrando em Arquitectura
    Faculdade de Arquitectura e Artes
    Universidade Lusíada de Lisboa
  • Lic. Diogo Miguel da Costa Valente
    Mestrando em Arquitectura
    Faculdade de Arquitectura e Artes
    Universidade Lusíada de Lisboa
  • Lic.ª Joana  Chitas Ribeiro
    Mestranda em Arquitectura
    Faculdade de Arquitectura e Artes
    Unversidade Lusíada de Lisboa
  • Lic. João Pedro Gomes Gonçalves
    Mestrando em Arquitectura
    Faculdade de Arquitectura e Artes
    Universidade Lusíada de Lisboa
  • Lic. João Tiago de Castro Carreira Coelho
    Mestrando em Arquitectura
    Faculdade de Arquitectura e Artes
    Universidade Lusíada de Lisboa
  • Lic. Marco André Alfenim Rosa Branco
    Mestrando em Arquitectura
    Faculdade de Arquitectura e Artes
    Universidade Lusíada de Lisboa
  • Lic.ª Marta Filipa Rodrigues Fernandes
    Mestranda em Arquitectura
    Faculdade de Arquitectura e Artes
    Universidade Lusíada de Lisboa
  • Lic. Ricardo Alexandre Ferreira Guerreiro
    Mestrando em Arquitectura
    Faculdade de Arquitectura e Artes
    Universidade Lusíada de Lisboa
  • Lic. Rui Rodrigo Cardoso Abreu
    Mestrando em Arquitectura
    Faculdade de Arquitectura e Artes
    Universidade Lusíada de Lisboa
Parcerias
  • Associação Desportiva e Recreativa de Retaxo (ADRR)
  • Agrupamento 624 do Corpo Nacional de Escutas de Cebolais de Cima
  • Agrupamento de Escolas Amato Lusitano
  • Andorinhas do Pônsul
  • Associação de Caça e Pesca de Cebolais de Cima
  • Associação de Caça e Pesca de Retaxo
  • Associação Racho Etnográfico de Cebolais de Cima
Fotogaleria
Please add some images then setup gallery.
Informações